Christian Cannabich (1731-1798)


Johann Christian Innocenz Bonaventura Cannabich nasceu em Mannheim, tendo sido batizado em 28 de dezembro de 1731. Filho do flautista e compositor Martin Friedrich Cannabich (1675?-após 1759).

Após estudar com Johann Stamitz, Cannabich tornou-se violinista da Orquestra de Mannheim aos 13 anos. Mais tarde ele viajou para a Itália para continuar seus estudos.

Em 1758, Cannabich foi nomeado konzertmeister da orquestra, e no ano seguinte casou com Marie Elisabeth de La Motte, dama da corte da Duquesa de Zweibrücken. Eles tiveram dois filhos: Rosina (1764-após 1805) e Karl Konrad (1771-1806), violinista e compositor.

Cannabich foi nomeado diretor de música orquestral da Orquestra de Mannheim em 1774. Nessa época, a orquestra atingia seu auge, tornando-se a melhor da Europa.

Mozart conhecera os Cannabich em Schwetzingen em 1763, e eles tornaram-se bons amigos quando Mozart visitou Mannheim em 1777. Cannabich fez muitos esforços para conseguir um cargo para Mozart na cidade, mas em vão. Cannabich também organizou diversos concertos que promoviam a música de Mozart.

Mozart, após sua viagem a Paris, reencontrou Cannabich em Munique, para onde quase toda a corte havia se mudado desde a sucessão do Príncipe-Eleitor Karl Theodor a Maximilian III Joseph. Sua esposa havia ficado por algum tempo em Mannheim. Mozart, em suas cartas, sempre falava afetuosamente de Cannabich.

Quando Mozart retornou a Munique em 1780 para a preparação e estréia nova opera Idomeneo K.366, Cannabich foi de especial importância, tanto nos ensaios, "no último ensaio ele estava pingando" (carta de 24 de novembro de 1780), como na estréia, que ele provavelmente regeu.

Em 1788, Cannabich assumiu sozinho a direção da Orquestra de Mannheim, com o falecimento de Carl Joseph Toeschi.

Durante a viagem de Mozart a Frankfurt, em 1790, ele e Cannabich encontraram-se pela última vez em Munique..

Christian Cannabich faleceu em Munique, 20 de janeiro de 1798.


Parentes e amigos

Index